O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Pensamentos e Imagens

Seres humanos nunca ficam prontos de verdade, a gente vai se construindo pelo caminho, vestindo azul hoje, amarelo amanhã. Imagino que nós somos como colchas de retalho. Cada experiência nossa, cada pessoa que encontramos, cada pôr-de-sol a que assistimos é um pedacinho de tecido colorido que vamos costurando, costurando…até formar…não sei, quem sabe uma manta para aconchegar os pés de Deus. 
Adília Belotti 

Mais outra pessoa usando a imagem da colcha de retalhos…deve ser uma imagem arquetípica bem presente no imaginário feminino. 

Essas palavras estão em um belo livrinho (é pequenino e quadradinho – adoro as formas de um livro ) da jornalista Adília Belotti, chamado TOQUES DE ALMA- um olhar feminino, que descobri nas minhas perambulações pela  Bienal do Livro de 2008.
Então, feliz construção da sua colcha de retalhos! E feliz Natal!
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *