O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Pensamentos e Imagens

Não nascemos da mesma mãe, não nascemos do mesmo pai, nascemos do mesmo livro. Deus devia estar lendo a mesma página quando nos imaginou. Você é a página da esquerda e eu sou da direita. Você me antecede. Só faço sentido depois de sua leitura. 
Fabrício Carpinejar 

Essa é uma das mais belas declarações de amor que eu já vi! E pode ser para um companheiro ou companheira de amor “casal” como para amigos de alma!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *