O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Beleza Feminina

 
Anna Utopia Giordano usou Photoshop para emagrecer os corpos de famosas pinturas de Venus.
Ao ver esse vídeo eu me lembrei de uma amiga de 70 anos de idade, que me contou que em sua juventude era considerada feia por causa de sua magreza.
Pensei que afinal ela sofreu por falta de timming, porque se fosse jovem hoje seria vista como normal e desejável.
E isso me trouxe algumas questões nas quais, quem sabe, vocês possam me ajudar a pensar:
·         Até que ponto conseguimos (sobre)viver com arte e prazer se estamos fora do timming corporal como essa minha amiga?
·         Como ficamos com nossa autoestima se nossa figura não combina com o (que dizem ser) o desejo de nossos eventuais parceiros homens ou mulheres?
·         E será que de fato a maioria quer mesmo só parceiros magros? E quanto a nós mesmas?  Até que ponto isso é importante?
·         O que pensar dessas Venus emagrecidas? São mais belas? O que é “beleza” O que é “beleza feminina”?  Quem determina? Como essa determinação se espalha e alcança a sociedade toda? A quem serve esse padrão?
·         Conseguimos perceber nossos corpos de outras maneiras além de através dos padrões da Venus que está na moda? Quais maneiras? (por exemplo, além da questão estética, há a questão da saúde –de como nossos corpos se encaixam nas categorias saudável/não saudável-,  a questão de como o corpo nos proporciona prazer ou dor… e que mais?)

 Texto de Beatriz Del Picchia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *