O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

TAO

 TAO
O objetivo da vida não é o prazer, nem o poder, nem a riqueza, nem a erudição, nem a conquista da virtude, nem a evolução espiritual.
O objetivo da vida é encontrar o TAO a cada momento, sorrir, e não mais se deixar apartar dele. O objetivo da vida é o encontro de si mesmo, ao navegar seguro com o TAO. O objetivo da vida é aprender a navegar no grande rio do TAO.
Viver é encontrar o TAO inexistente e deixar-se fluir com ele, serenamente, em meio a tempestades, se preciso for.
Desenho, frase e composição gráfica de Beatriz Del Picchia. Texto extraído do livro Anais de um Simpósio Imaginário, de Beto Hoisel, Ed Palas Athena .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *