O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Pensamentos e Imagens

No fundo da complexidade aparente do universo, jaz oculta uma “ simplicidade”. Ela consiste nas tendências opostas e complementares em que sempre oscila a mutação. Atividade e repouso, movimento e inércia, ascenção e declínio são os eternos e mesmos caminhos que sempre o irreptível percorre. Muda constantemente a natureza, porém sempre ao longo das mesmas estações. Nunca as mesmas flores, mas sempre a primavera. 
Gustavo Correa Pinto 
 

Acho lindas essas palavras do monge budista e tradutor para o português do I Ching de Richard Wilhelm, Gustavo Correa Pinto. Nelas vemos o ETERNO se manifestando no EFÊMERO! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *