O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Pensamentos e imagens

Ao aceitar a idéia de que sou o efeito de um choque sutil entre a hereditariedade e as forças da sociedade, reduzo-me a um resultado. Quanto mais minha vida for explicada pelo que já ocorreu em meus cromossomos, pelo que meus pais fizeram ou deixaram de fazer, tanto mais minha biografia será a história de uma vítima. 
James Hillman

Como mudar isso? 
Deixando de se sentir vítima e tomando a própria vida nas mãos – “ok, aconteceu isso e aquilo comigo, minha infância foi assim e assado, tenho essas e aquelas dficuldades, mas o que fiz, faço e farei com todas essas coisas? Como EU vou lidar com tudo isso? Que resposta absolutamente pessoal vou dar a esses eventos?” 
Isso é tornar-se protagonista da sua própria história, é aceitar a heróica tarefa de tornar-se cada vez mais a gente mesmo, muitas vezes, apesar de nossas circustâncias! 
O sentido e o significado que damos a nossa vida só cabe a nós mesmos! 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *