O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

MULHERES MARCANTES: Tatiana Belinky (1919 / 2013)

Tatiana Belinky foi poeta, tradutora, dramaturga, e consagrou-se principalmente por sua obra para crianças. Foi uma das mais importantes escritoras brasileiras infanto-juvenis. 
Nascida na Rússia, chegou ao Brasil com dez anos de idade. Recebeu a cidadania brasileira e morou em São Paulo até falecer, aos 94 anos. 

Em 1948, começou a fazer teatro para crianças, junto com o marido, o médico e educador Júlio Gouveia, para a Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo, adaptando e traduzindo textos teatrais que Julio produzia e encenava. 
Com o advento da televisão, o grupo teatral de Tatiana foi convidado a apresentar suas peças na “TV Tupi”, onde realizou espetáculos de tele-teatro ao vivo, com textos sempre baseados em livros, entre 1951 a 1964. Os roteiros eram escritos pela autora, a maioria adaptados da literatura nacional e internacional. 

Tatiana e seu marido também adaptaram para a televisão, pela primeira vez, o Sítio do Pica-pau Amarelo, de Monteiro Lobato. O programa ficou no ar ao longo de 11 anos. 
Em 1972 começa a trabalhar na TV Cultura de São Paulo e em grandes jornais escrevendo artigos, crônicas e crítica de literatura infantil. 

Em 1985 passa a colaborar com a publicação de em uma série infanto-juvenil e em 1987 publica o primeiro livro de sua autoria. A partir dessa publicação, Tatiana passa a trabalhar sobre novas criações, chegando a escrever mais de cem obras. 

Seus livros e traduções já receberam diversos prêmios, como o Nestlé, o Jabuti e o “Melhor para Criança” da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *