O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

A força de vida

Em seu depoimento para nosso livro, a terapeuta Neiva Bohnenberger conta que passou por alguns momentos muito difíceis quando teve que se mudar para São Paulo. 
No entanto, embora sentisse extrema solidão, desespero e até beirasse a depressão “… era dor, mas era engraçado, também havia força de vida dentro de mim.” (pg 179 de O Feminino e o sagrado..)

Quando vi esta arvore presa por bambus e ainda assim buscando e encontrando seu espaço onde é possível, crescendo forte e bela, imediatamente tirei esta foto e lembrei-me da força de vida a que Neiva se referiu. Sim, apesar de tudo, é possível achar o rumo.
Foto e texto de Bia Del Picchia

2 comentários

  1. Que foto incrível!
    bjs e ótima semana

  2. Esta imagem me pegou na hora. Está na parte alta do jardim do Templo Zulai, rodeadas por beneficos Budas…bj e boa semana para vc também!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *