O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Um aniversário

Há exatos 4 anos, no dia 24 de março de 2010, lançávamos nosso livro O FEMININO E O SAGRADO – mulheres na jornada do herói, na livraria Cultura do Shopping Bourbon. Na noite dessa sexta para sábado, não sei bem se sonhei ou me lembrei de um post que escrevi aqui no blog, 4 meses depois desse lançamento, dizendo que nosso livro era “um tapete voador”que havia nos levado para lugares que nunca tínhamos suspeitado ao escrevê-lo. Liguei no sábado para a Bia e disse que achava que nosso livro queria que comemorássemos seu aniversário: ela concordou e estou eu aqui escrevendo sobre isso. 

Lembro-me bem daquela noite, em 2010. Nós duas nos encontramos no metrô Sumaré, no final da tarde e pegamos um táxi até o Shopping. Fomos comer alguma coisa. Eu, que quase não tinha comido nada até então, fui de um enorme hamburguer. A Bia, vegetariana, queria um iogurte batido e um pão com manteiga. E naquela praça de alimentação, naquela hora quase vazia, me deu um nervoso tamanho que pensei que não ia me lembrar de nada da palestra que íamos dar logo depois. Normalmente sou bem calma e nada tímida, mas naquele momento me  deu uma sensação de medo, como raramente experimento. Comemos e fomos juntas para a livraria e logo na entrada vimos nossa editora e madrinha, a Edith e uma de nossas entrevistadas a Monika von Koss. Nessa hora, volto a me sentir em casa e dali em diante foi tudo maravilhoso e uma loucura. A gente queria  que fosse muita gente, é claro e pedimos que cada entrevistada levasse o maior número de convidados possível. Aliás, todas estavam lá, com exceção da Bettina, que mora na Escócia e da Rosane Almeida que dava aula no dia e horário. O auditória da livraria tem 120 assentos e queríamos que ele estivesse cheio. Não, ele não ficou cheio, ficou super lotado, tinha gente sentada no chão e em pé em todos os corredores, devia ter umas 200 pessoas. Fizemos a palestra e foi um sucesso, fomos super aplaudidas.

Descemos no térreo para darmos autógrafos e foi uma loucura, tinha tanta gente na fila que parecia que não acabava mais. Quando a gente parou, faltava dez minutos para fechar a livraria. Lembro que o Júnior, o marido da Bia, nos trouxe, gentil, um copo de vinho, que foi a unica coisa que usufruímos do coquetel que a editora dava. Depois nos contaram que vendemos e autografamos 169 livros naquela noite. Tudo foi acima de qualquer expectativa nossa! 

E, a partir daí, esse livro e seu caminhar “no mundo”nos surpreendeu e continua a surpreender. Entre 2010 e 2012 demos inúmeras outras palestras, sempre sendo muito bem recebidas, para plateias as mais diversas, recebemos emails e/ou recados no facebook de leitoras e leitores de vários lugares do Brasil, falando de quanto gostaram e de quanto o livro tinha mexido com eles (inclusive, o último foi sábado, agora, dia 22, de uma leitora do Ceará), participamos do primeiro TEDxdaLuz, em 2011, em São Paulo, demos várias entrevistas no rádio e participamos de um programa de televisão, a revista Bons Fluídos fez uma grande reportagem sobre nosso livro e quatro das entrevistadas, em 2012 lançamos um “filhotinho”: MULHERES NA JORNADA DO HERÓI – pequeno guia de viagem, desde junho de 2010 mantemos esse blog, conhecemos MUITA gente bacana e que agora faz parte do nosso círculo de amizades por causa dele, até pacientes já vieram para mim em função da leitura do livro. Participamos de Bienais do Livro, como autoras, o que nos honra muito e nosso livro foi levado pela editora para a Feira do Livro de Frankfurt o ano passado. Nossa amizade se estreitou ainda mais e nós duas mudamos muito com toda essa experiência. Ele é de fato um tapete voador para nós duas. E, se ele é fruto do nosso trabalho, claro, demandou mais de três anos da nossa vida, tem também uma identidade e vontade própria. 
Então que se cumpra seu desejo:

Parabéns a você, nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida!

1 comentário

  1. E ele segue em frente, edição quase esgotada, fazendo sua própria Jornada pelas livrarias, pelas casas e pelas mentes dos que o leem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *