O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Jung fala sobre a cosciência

(…) somos forçados a substituir nossa confiança nos acontecimentos naturais por decisões e soluções conscientes. Cada, problema, portanto, implica a possibilidade de ampliar a consciência mas também a necessidade de nos desprendermos de qualquer traço de infantilismo e de confiança inconsciente na natureza.

 A NATUREZA DA PSIQUE – 8/2 – pág. 338

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *