O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Trecho de nosso livro sobre sincronicidade segundo Bettina Jespersen


“O alinhamento e a sincronicidade acontecem se eu me permitir me alinhar com essa energia, se eu me abrir a essa colaboração, ou cooperação, e não achar que tenho que definir tudo só com a cabeça. Quando eu me permito me harmonizar, me sintonizar, perguntar “Qual é a minha vontade, qual é a vontade do universo? Como eu estou servindo essa energia? Como estou servindo o universo? O que está acontecendo? Por que está acontecendo, qual é a minha participação nisso? Por que eu estou precisando dessa situação agora? Qual o significado?””

Pg 118 de O feminino e o sagrado – mulheres na jornada do herói, Ed Agora

1 comentário

  1. Todas as vezes em que me permiti o não controle de minha vida e parei para perceber o meu redor, minha vida fluiu (e flui) com leveza e harmonia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *