O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Jersusha Chang fala sobre a religião natural de Mestre Pai Lin em trecho de nossos livros

Depoimento de Jersuha:

“O mestre não era um taoísta de seita, ele era um taoísta da natureza, que é o taoísta original. Algumas pessoas precisam de rituais, e por isso se desligaram do mestre, porque ele não era nem um pouco ligado a cerimonial.  
E eu me identifiquei justamente com essa forma de ser. É religiosa, porque você está sempre se religando com a natureza. Eu faço essa prática de ligação com o sol nascente todos os dias. Isso é religião.

pagina 149

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *