O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Marie Louise Von Franz e o principio feminino:algumas notas do simpósio do IPAC


Segundo Inácio Cunha, para Von Franz a psicologia junguiana se dá sob a égide do Arquétipo do Feminino, ao contrário da psicologia freudiana que se norteia pelo Principio Masculino. 
Marie Louise Von Franz tinha como diretriz a conexão com o principio feminino e com os instintos, inclusive em termos pessoais. Isso se mostrava, por exemplo, em sua simplicidade, na ligação com os animais (em particular os cachorros), na vida no campo, na forma de apresentar-se, na calorosa receptividade. Ela dizia que a redenção do feminino é tarefa fundamental para nossos tempos, e que essa redenção deve incluir também as facetas do principio feminino que o patriarcado chama de negros, pecaminosos e sujos.
Além desse, um dos aspectos mais importantes da integração do feminino diz respeito a Eros. Eros tem sido rejeitado pelos homens e negligenciado pelas mulheres em favor da excessiva valorização, por exemplo, de coisas como a extrema assepsia, a exigência de perfeição e erro zero, a ação visando apenas resultados objetivos, as relações baseadas no interesse.  
Para Roberto Gambini, ser junguiano é o resultado de uma iniciação. E o começo desse processo é o amor – seja o amor à psique, o amor à verdade, o amor ao divino, e mesmo o amor ao analista que nos conectou à terapia. Assim, a alquimia, que tem um significado importante no contexto junguiano, é um trabalho interno de desenvolver o amor e mexer com a psique. É um exercício espiritual.
E o entendimento do sonho, cuja linguagem é simbólica, é o pão de cada dia. Portanto, temos que aprender os símbolos para entender a linguagem da psique e poder fazer esses exercícios espirituais:
“Vejo como estou pelos meus sonhos; e Von Franz dizia que neles não é apenas a imagem que importa, mas principalmente a mensagem.”
Essas notas são tiradas de meus resumos do simpósio sobre Marie Louise Von Franz promovido pelo Instituto de Psicologia Analítica de Campinas, em abril desse ano. Sinto profunda admiração por Von Franz, não apenas pelos livros que leio e releio continuamente, mas também pela integridade pessoal que tinha, conforme ouvi e li em diversos depoimentos a seu respeito.
Post de Bia Del Picchia

2 comentários

  1. Oi Bia, eu também sou admiradora da Von Franz, li vários livros de suas obras. Adorei o trecho que você compartilhou do simpósio sobre ela.
    Assisti O Caminho dos Sonhos, com todas as entrevistas dela e Bill Moyers e os comentários da Marion Woodman. É lindo!
    Puxa, não sabia desse evento, senão teria ido, parece que foi muito bom.
    Bjs

  2. Foi legal sim, Cristiane. Tb assisti o Caminho dos sonhos, demais. Ela se interessou por temas pelos quais que eu me interesso muito: sonhos, contos de fadas, o feminino, morte, alquimia.
    beijo grande!

Deixe uma resposta para Dra. Cristiane Marino - Mulheres em Círculo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *