O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Xamãs na exposição de Kandinsky


A exposição de Kandinsky no CCBB está sensacional. Ela acentua a vinculação do pintor com a arte tradicional russa, com os contos de fadas, folclóricos e mitológicos, e principalmente com o xamanismo siberiano. 
Além de tambores e outros objetos, na exposição vemos trajes cerimoniais de 100 anos atrás, com tudo a que um bom xamã tem direito: sinos, címbalos e espelhos de bronze, asas de pássaros nas costas, serpentes de couro enrolado.
Segundo um dos quadros explicativos, Kandisnky estava interessado em mostrar a relação de sua arte com o “mundo dos espíritos invisíveis, entidades com as quais se confrontam e lutam os xamãs quando praticam sua arte de videntes, curandeiros e artistas”. 
Estava convencido de que o espiritual deveria prevalecer sobre o material tanto na vida como na arte, e queria fazer falar a “alma das coisas” através de suas formas, primeiro figurativas e depois cada vez mais abstratas.
Apesar de ter tido que se exilar consecutivamente da Russia soviética e depois da Alemanha nazista, ele teve uma vida produtiva e foi um dos mestres na icônica Bauhaus, escola de artes e arquitetura que marcou a estética do sec XX. Recomendo que, se quiser ir, agende hora no site para evitar longa espera na fila.
Post de Bia Del Picchia

1 comentário

  1. Ana Nazaré disse:

    Beatriz, vai ter um passeio no Sesc que quando vi na hora lembrei aqui de vcs e do Blog !! É sobre o Feminino e arte de SP. Segue o link do site do Sesc : http://www.sescsp.org.br/turismo/4373_SAO+PAULO+DAS+DIANAS+O+FEMININO+E+A+ARTE+SAO+PAULO. Eu queria ir mas vou ter um compromisso no dia, mas c vcs forem podem postar alguma coisa no Blog (sugestão o:-) … ) RSRSRSS… Um abraço,

Deixe uma resposta para Ana Nazaré Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *