O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Marie-Louise Von Franz fala sobre ser poeira e ser estrela

Não passamos de um grão de pó em algum canto do universo. Se encararmos nossa vida através de padrões científicos e coletivos, ela é totalmente transitória e nada significa. Mas se olharmos para dentro, assim como olhamos para as estrelas, poderemos perceber que, no interior da diversidade cósmica, temos uma missão única a realizar, que é o que chamamos de sentido da nossa vida. 

O CAMINHO DOS SONHOS – pág.126

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *