O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

O sagrado é, realmente, a união de espírito e matéria, diz Renata Ramos

“À medida que a dança vai acontecendo, os participantes vão se sentindo tocados e, ao final, todos conseguem falar sobre o que é o sagrado.
E surgem, invariavelmente, as mesmas respostas: “O sagrado é aquela conexão comigo mesmo. É estar presente no aqui e agora. É se sentir inteiro. O sagrado é uma conexão com a natureza. É a conexão com o todo. É viver o dia a dia. É não colocar Deus em cima e nós aqui embaixo”.


O sagrado é, realmente, a união de espírito e matéria.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *