O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Ter feito o próprio caminho ajuda a compreender melhor o dos outros

“Hoje vivo cercada por muitos jovens. Eles dizem que se sentem à vontade comigo, que podem se abrir, porque sentem que não vão ser julgados e, ao mesmo tempo, podem expor dúvidas e medos.
Acho que isso acontece porque hoje, depois de tudo que vivi, sei que viver com plenitude não é tarefa fácil: exige caráter, coragem, integridade_???? _    e também vulnerabilidade e aceitaçãÿo.
__S__i_n????tþo ????q__uÿ__e ter feito meu caminho me ajuda a compreender melhor o dos outros.”
LUZIA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *