O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Cinco mulheres gregas, cinco historias de agora: Helena de Troia, Circe, Cassandra, Penelope, Hermione

No filme abaixo você pode ver um resuminho da Ilíada e da Odisséia, dois mitos gregos importantíssimos, narrados como a jornada de um herói chamado Ulisses.

Nossa questão, como sempre, é: e como ficam as mulheres nessa história? Claro que a obra fala delas, mas nunca o suficiente e sob a ótica grega patriarcal.

Nós vamos trazer 5 mulheres desse mito para a roda de conversa no próximo Encontro de Mitologias, mas mesmo que você não possa ir vale dar uma pesquisada nelas. São:

. Penélope, rainha e esposa do herói Ulisses, que o esperou fielmente por 20 anos, sem duvidar de sua volta e sem olhar para outro;

. Circe, uma das amantes de Ulisses, feiticeira independente que depois virou sinônimo de “bruxa má” por conta disso (a da imagem acima) ;

. Helena de Troia, a rainha cheia de paixão cuja fuga com o amante Paris provocou uma guerra de 10 anos;

. Hermíone, a filha de Helena, menina abandonada que teve uma vida complicada por causa da fuga da mãe, da guerra e de suas consequências; e

. Cassandra, em quem ninguém acreditava,  mas que era uma vidente extraordinária, pressentindo tudo que que estava por vir.

Histórias de humanos e histórias de mitos = histórias de mulheres que não tinham voz.

Talvez agora seja hora de a gente perceber o que elas têm a nos dizer, e quem sabe até de sermos a voz delas hoje, do nosso jeito. É assim nós re-vivemos os mitos que, como tudo, acompanham o fluir do tempo e da vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *