O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Círculos de Mulheres podem curar nossa cultura doente


Os círculos de mulheres têm potencial para estimular a cura das feridas e dores coletivas femininas, sendo ao mesmo tempo uma proposta de ação para tornar nossa sociedade mais igualitária, inclusiva e humana para todas, todes e todos.

Isso porque, além dos assuntos femininos, crenças e preconceitos contra outros segmentos sociais também são questionados no ambiente de liberdade dos círculos, que assim “age[m] contra a ordem social, a compartimentação superior/inferior” .

E esse questionamento vai ainda mais longe: por exemplo, outra crença de nossa sociedade, que além de patriarcal é altamente materialista e competitiva, é que comportamentos predatórios, interesseiros e agressivos são “normais” – “o ser humano é assim mesmo” e “nunca vai mudar”.

Porém, as próprias experiências de convivência e cooperação bem-sucedidas em círculos de mulheres mostram que essas são verdades parciais que foram transformadas em crenças de que são verdades absolutas. Inclusive, hoje cresce o entendimento de que a própria evolução humana aconteceu mais graças à cooperação do que à competição.

Talvez estejamos prontos para novos saltos evolutivos em nossas relações, e os círculos fazem parte desse processo de transformação – não apenas para as mulheres, mas para todas as pessoas.

Trecho do livro CÍRCULOS DE MULHERES – as novas irmandades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *