O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Jung fala do símbolo da cidade


A cidade é um símbolo materno, uma mulher, que abriga em si os habitantes como filhos. Compreende-se assim por que as duas deusas-mães, Réia e Cibele, ostentam coroas em forma de muro.

SÍMBOLOS DA TRANSFORMAÇÃO – pág. 194

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *