O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Decameron, livro escrito durante uma epidemia de peste

Decameron é uma obra prima cujo autor, Boccaccio, escreveu quando ficou confinado por causa da peste negra que atingia a Europa toda no séc XIV.

O tema fala do mesmo assunto: são 100 contos narrados por um grupinho de sete moças e três rapazes que se abrigam em uma vila isolada de Florença para fugir da peste que afligia a cidade. Tem contos engraçados, eróticos, sentimentais, comoventes, cheios de piadas e de lições de vida, escritos em linguagem clássica.

Nele Boccacio conta que durante a longa epidemia as pessoas adotaram condutas bem variadas.

Umas, achando que iam morrer, viviam mesmo como se não houvesse amanhã, “entregando-se à luxuria desenfreada”, tipo sexo e rock da época.  Outras se recolhiam em grupos que ficavam só rezando e orando, e outras adotavam condutas intermediárias entre esses dois extremos. Muita gente saiu das cidades pestilentas. Os mais afortunados iam para casas rurais, os outros ficavam vagando pelo campo, as vezes reunindo-se em igrejas.

Trecho do início do livro:

tínhamos já atingido o ano … de 1348, quando, na mui importante cidade de Florença… sobreveio a mortífera pestilência… nenhuma prevenção valeu, baldadas todas as providências dos homens… Nem conselho de médico, nem virtude de mezinha alguma parecia trazer a cura ou proveito para o tratamento

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *