O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Nossa avó iorubá: Nanã Burucu – parte 2

Foi Nanã quem proporcionou a matéria-prima com que as mulheres e os homens foram feitos. Quando quis criar o Mundo e os Humanos, Olorum, o Senhor do Céu, encarregou Oxalá,…

A cada um cabe fazer sua própria jornada

A cada um cabe fazer a própria jornada. Algumas pessoas torcem o nariz quando ouvem essa frase, pois confundem individualismo com individualidade. Segundo o dicionário, individualismo é uma “teoria que privilegia o indivíduo em detrimento da…

Nossa avó iorubá: Nanã Burucu – parte 1

Nanã Burucu é a mais velha das aiabás. Aiabá em iorubá quer dizer rainha e é a denominação usada para todos os orixás femininos. Nanã vem de tempos tão remotos,…

Iemanjá e a maternidade – parte 2

Lições sobre a maternidade da Nossa Grande Mãe Africana: Iemanjá Iemanjá também nos ensina que a maternagem tem limites, especialmente no tempo. Sem esse limite, o absolutamente imprescindível cuidado com…

Eu disse “sim” para coisas demais…

E eu disse “sim” para coisas demais. Hoje em dia, quando olho para trás, vejo as coisas que eu tinha assumido naquela época, em termos de responsabilidade de trabalho, e penso: “Que…

Iemanjá e a maternidade – parte 1

Lições sobre a maternidade da Nossa Grande Mãe Africana: Iemanjá Com a supervalorização do conhecimento científico e a existência de especialistas em tudo, uma das funções mais femininas do mundo,…

O que se alcança na jornada da heroína? A bliss, em 5 respostas

E, finalmente, a pessoa em jornada alcança sua bliss. Não existe uma palavra em português que possa traduzir esse termo com exatidão. A bliss é um conceito complexo, composto de inúmeras facetas! Podemos nos aproximar…

Os vários modos de fazer curas, segundo Monica Jurado

“A gente é um instrumento, um canal. Tenho um nível de preparo que permite a manifestação, no qual eu tenho acesso à qualidade de energia e técnica que isso traz. Mas tem…

Uzume fala

Que a lição que a deusa japonesa Uzume perpasse o ano de 2018! Temos que aceitar que nosso controle sobre a nossa vida é limitado e que a vida não…

A dança, os ritos das mulheres e a natureza me ensinaram – Ana Figueiredo

“Quando iniciei minha formação na dança de Isadora Duncan, a primeira viagem foi para Nova York. Mas logo depois o curso passou a ser dado no Caribe, numa ilha chamada Saint John. Lá conheci…

Uma jornada de sonhos

“Nesse período de depressão, eu deitava e falava: “Meu Deus, eu estou no seu colo, me embala para eu dormir”. E passava a noite no colo de Deus. Eu dormia que era…

“Ou integro a dimensão espiritual no meu trabalho ou ‘morro’”

Quando chegou 1996, eu vivi uma crise muito grande dentro da psicologia tradicional. Eu pensei: “Não dá mais para ficar só dentro desse jeito de pensar, de trabalhar. Ou integro a dimensão…