O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Eu me sinto aquilo de bom que peguei de tudo

mulheres na jornada

Na psicossíntese se inclui tudo, nada é jogado fora se aquilo faz sentido. Essa inclusão da psicossíntese me ensinou a fazer o mesmo na minha vida.

Sou judia de nascimento, mas o que o budismo diz faz sentido para mim, muita coisa do espiritismo e do catolicismo também.

Então, não me sinto judia, não me sinto católica, não me sinto budista, eu me sinto aquilo de bom que peguei de tudo e me forma, me compõe, como uma psicossíntese de mim mesma. –

Depoimento de ANDRÉE SAMUEL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.