O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Às mães de tudo que frutifica

Ganhei esse caldeirão de cobre que minha avó deu para minha mãe como presente de casamento em 1953. Serve para fazer doces de abobora, de figo e todo tipo de…

Canto para as mães sagradas

Dia de Mães – Mãe Maria, Mamãe Oxum, Mãe Tara, Mãe Gaia e tantas deusas-mães; dia das mães mulheres, nós mesmas, que parimos o futuro em crianças, em artes, em…

Um jeito feminino de olhar

Acredito que as formas feminina e masculina de se aproximar da dimensão sagrada da vida são diferentes, independentemente de como se defina esse sagrado. E, vejam bem, eu disse feminina…

Raiva sim, mas com limite

Clarissa Pinkola Estés explica aqui como a raiva pode ser útil mas só até certo ponto. Se é demais e longa demais, ela engessa a vida. Mas há saída. “Quando…

Mulheres exaustas por excesso de tarefas: isso também é abuso

“Quem tem de saber se tem alface na geladeira?  Quem tem de saber se os meninos precisam levar não sei o que para a escola? São sempre as mulheres, não…

Uma estrela guia

Hoje quero trazer algumas das últimas palavras que escrevi no meu livro O Legado das Deusas 2. Isso porque sinto que nunca como agora precisamos da força, energia e esperança…

Dia da mulher e sugestão de filme

O filme A arte de amar é um excelente filme da Netflix para a gente ver e se inspirar no Dia da Mulher. Ele narra a história real da médica…

Belas adormecidas

Escrevi esse post em 2012, dez anos atrás, sobre um conto de fadas: A BELA ADORMECIDA, mas acho que a questão que ele nos coloca continua válida. Vou falar hoje…

Mulheres, religiões, agressão

O mundo está sob ameaça de peste, fome e guerra, o que é terrível – mas que espécie de mundo é esse que nós criamos? Já não é terrível mesmo?…

Indicação de livros: Fique comigo, As alegrias da maternidade e Niketche

Li nos últimos tempos 3 romances escritos por 3 escritoras africanas, Ayobami Adebay e Buchi Emecheta, nigerianas e Paulina Chiziane, moçambicana. Os três são excelentes e repletos de reflexões sobre…

Jornada da heroína: ideias básicas

Fizemos esse livro há quase 10 anos como um mini guia da jornada da heroína, baseado na obra de Joseph Campbell. Está desenhado como uma mandala, sendo que as divisões…

Somos múltiplas

Somos multifacetadas. Podemos aceitar que temos diversas facetas e que isso não nos torna incoerentes, apenas humanas. Hora sou assim, hora sou assado, mas sempre eu mesma. Como diz a…