O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

A arteterapia pode te tirar do caminho de vítima

Trabalhar com máscaras é uma das formas de trabalhar com a sombra, de dar corpo e voz a ela. Você a traz para o trabalho, traz para sua mão. Quando…

A percepção de que todos estamos interligados é decisiva para a nossa sobrevivência

“Estou plenamente convencida de que precisamos de uma nova ética. Vivemos numa civilização que prioriza o mundo público e desvaloriza o trabalho do mundo privado. Mas muito da vida acontece…

Para onde o caminho está te levando?

“É o desejo, a vontade, que sustenta a gente. Na verdade, nossa condição material é imaterial. Somos 70% água, e mesmo a maior parte da matéria não é feita de…

A deusa Freya e os rituais do Seidr

A deusa nórdica Freya, além de seus multíplos poderes é também também uma Grande Deusa Feiticeira. Foi ela quem ensinou o Seidr, as sessões rituais de feitiçaria viking conduzida pelas…

Dizendo “sim” à jornada

“Parece existir uma Sabedoria, com S maiúsculo, que pode ser atingida ao dizermos “sim” à jornada de nos tornarmos quem viemos ser. Como se, no processo de criar alma (na…

Você está em algum ponto desta jornada

Atenção: este livro e mais os nossos outros (O Feminino e o Sagrado e Círculo de Mulheres, ambos da Editora Summus) estão em oferta com 50% de desconto até domingo…

Ostara, a deusa germânica da primavera

O hemisfério norte entrou na primavera. Ostara é a antiga deusa germânica que a simboliza. Ostara simbolizava o renascimento da natureza na primavera após os rigorosos invernos nessas regiões setentrionais…

No ponto limite a gente tem que extrair um sentido maior

“O mestrado foi uma oportunidade de refazer meu mundo. A tese foi meu quadro de pano. Eu trabalhava e cuidava do meu filho durante o dia e à noite, como…

Asase Yaa, uma Grande Mãe africana

Os Ashantis ou Axantes, de Gana, são um dos povos que compõem o importante grupo étnico e linguístico Akan, originários da África Ocidental. Os Ashantis desenvolveram um grande e influente…

Resenha do livro “Círculo de mulheres” por Bela / Izabela Beirão

Como ela mesma conta, Izabela Beirão, resolveu seguir seu coração: mergulhar no universo literário. E assim surgiu o Livros da Bela. Um site com resenhas literárias dos livros de sua…

O velho eu não volta mais

“Uma das coisas mais difíceis foi que eu me sentia totalmente sozinha! Minha família e meus amigos não aceitavam quem eu tinha me tornado e ficavam me pedindo para eu…

Círculos de mulheres baseados na exclusão

“O feminino é muito dolorido. A gente tem de lamber bastante essa ferida, unidas como numa alcateia. Sair da energia separatista do patriarcado. Patriarcado é guerra, é competição; pouco se…