O Feminino e o Sagrado um jeito de olhar o mundo

Dia da mulher e sugestão de filme

      filme A arte de amar

O filme A arte de amar é um excelente filme da Netflix para a gente ver e se inspirar no Dia da Mulher.

Ele narra a história real da médica ginecologista Michalina Wislocka que na Polônia comunista entre os anos 1950 e 1970 conseguiu revolucionar os tabus sobre sexo. Para isso ela teve que enfrentar as posições autoritárias e conservadoras tanto do Partido comunista como da Igreja católica. E não de forma distante ou academica, pois na vida pessoal ela viveu de fato o que defendia.

Seu livro sobre sexo, chamado justamente de A arte de amar, foi proibido pela ditadura mas circulou clandestinamente em copias xerox até ser liberado.

Adorei a Michalina retratada ali: ela é engraçada, corajosa, inteligente, amorosa – como é o melhor de nós, mulheres. A diretora polonesa Maria Sadowska soube transmitir a paixão dessa médica que ajudando suas conterrâneas ajudou a todas nós.

E como estamos no meio dessa guerra na Ucrânia, é bom lembrar que todas as ditaduras – seja comunista, fascista, religiosa, capitalista –  são opressoras especialmente para mulheres. Também é bom lembrar também que aqui no Brasil mulheres são 52% do eleitorado mas ocupam apenas 15% dos cargos políticos, e que mesmo entre essas infelizmente algumas defendem bandeiras machistas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.